O Corvo - YabloG!

O Corvo

abril 29th, 2003 | Por Fábio Yabu em Resenhas

Mal dá pra acreditar que faz 11 anos que entrei num cinema em Santos para assistir a um filme sobre o qual sabia muito pouco, e que acabou sendo um dos mais marcantes da minha adolescência.

“O Corvo”, de Alex Proyas (que dirigiu a bomba “Eu, Robô”), é simplesmente um dos filmes mais estilosos da década de 90. Ele praticamente “inventou” todos os filmes de ação/super-heróis que vieram depois dele (inclusive teve uma cena descaradamente copiada em “Demolidor”, aquela outra bomba com o Ben Affleck: aqueles dois Ds em fogo no chão). O Corvo fez primeiro, além de um monte de outras coisas como por exemplo as roupas pretas, usadas como se fossem uniforme de super-herói.

A história é super simples. Não é fenomenal e até previsível. Mas é uma mistura tão bem feita, elegante, de elementos como rock and roll, super-herói, violência e poesia que acaba tornando o filme um dos meus favoritos de todos os tempos.

“O Corvo” conta a história do roqueiro Eric Draven, que é assassinado juntamente com Shelly, sua namorada. Um ano depois, sua alma é trazida de volta por um corvo, e Eric tem o poder e a força para levar a justiça a seus assassinos. Além de uma trilha sonora maravilhosa (rock and roll na veia!), um clima dark-gótico pra lá de estiloso, copiado, mas nunca igualado, e personagens muito cativantes, “O Corvo” detona e sempre vai ter um lugar na minha prateleira de filmes.

Nem perca tempo indo atrás das continuações. São sofríveis. A série de TV, com o loser do Marc Dacascos é praticamente um laxante em forma de seriado.

Frases marcantes do filme: “Prédios queimam, pessoas morrem, mas o amor verdadeiro é para sempre.”

“Mãe é o nome de Deus nos lábios e corações das crianças.”

“Não pode chover o tempo todo…”

Saiba mais sobre o filme aqui.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

4 Comentários



  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube