Menina de Ouro – O filme à prova de macho - YabloG!

Menina de Ouro – O filme à prova de macho

março 28th, 2005 | Por Fábio Yabu em Resenhas

Acabei de voltar do cinema, fui assistir “Menina de Ouro”, o vencedor do Oscar ou “o Prêmio da Academia”, como a TNT adora dizer.

Direção? Linda, maravilhosa. Palmas para Clint Eastwood. Atuações? Perfeitas. Hillary Shwank continua mandando bem, e deve ter merecido o Oscar de melhor atriz mesmo.

Só que o filme… o filme? Um lixo.

Clint Eastwood tentou fazer o que eu chamo de “filme à prova de macho”, que aproveita todas as oportunidades possíveis para arrancar lágrimas e soluços da platéia. Quando tudo já está suficientemente ruim pra te deixar de mau-humor por uma semana, eles vão lá e pioram mais ainda. A troco de quê? Não sei. Mais lágrimas, acho. Eu olhava à minha volta e os marmanjos choraaavam. “Eu pareço ridículo assim também quando eu choro no cinema?” – me perguntei. Certamente, sim.

A personagem de Hillary Shwank, apesar de muito bem interpretada, não tem profundidade nenhuma. É só um produtinho, uma caricatura pra fazer você ter pena da pobre menina que quer ser lutadora de box. É lógico que não faltam problemas. É lógico que a família dela é nojenta e vagabunda, é lógico que ela vive num muquifo, é lógico que o treinador durão vai ensiná-la a lutar. É clichê em cima de clichê, recheado de situações dramáticas, muitas delas sem sentido algum, e com um final que… oh my. Desconexo. Antagônico. Piegas. Ruim. Afe…

Não, não, não. Quase levantei do cinema e fui embora.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube