American Idol: A elite - YabloG!

American Idol: A elite

março 21st, 2006 | Por Fábio Yabu em Resenhas

Quem será a próxima Kelly Clarkson ou o próximo Bo Bice? A cada semana, um dos 12 melhores talentos recém-descobertos pelo programa é eliminado. O nível esse ano está excelente, mas como nos anos anteriores, não é muito difícil imaginar quais cantores estarão nas finais. Abaixo os meus palpites, e no final, a minha aposta para a grande vencedora:

Taylor Hicks
Por que ganharia: Como disse Simon Cowell, Taylor poderia “acabar com a indústria de video-clipes com apenas uma mão”. É de longe o cantor mais carismático, mesmo não sendo o melhor, Taylor transpira música, talento e principalmente, originalidade.

Por que não ganharia: vai enfrentar o estilo consagrado e a simpatia de Paris Bennett, a beleza estonteante de Katharine McPhee e a voz poderosa da diva Mandisa. Páreo duro. Mas Taylor Hicks estará muito bem qualquer que seja sua colocação final, pois já tem uma legião de fãs nos EUA.
Mandisa:
Por que ganharia: Suas apresentações são impecáveis, sua voz é perfeita. Sem dúvida a melhor voz feminina da competição.
Por que não ganharia: Apesar de todo seu talento, é pouco provável que sua voz de diva chegue às finais, já que nos anos anteriores cantoras igualmente competentes acabaram morrendo na praia, como Diana de Garmo (vice-ganhadora de AI 3) e Latoya London. Uma coisa é ver uma diva se esgoelando na TV, outra é comprar seus CDs e lotar estádios.
Kellie Pickler:
Por que ganharia: Uma palavra: “calamari”
Por que não ganharia: A última edição já elegeu uma American Idol country (e loira). Apesar de talentosa, linda e meeeeiga, é difícil não compará-la com Carrie Underwood. É provável que os americanos votem em candidatos diferentes dos vencedores dos últimos anos, como Taylor Hicks e Katharine McPhee.

Chris Draughty
Por que ganharia: É o melhor cantor de rock que já apareceu na competição. É ousado na escolha de músicas e suas performances são dignas de uma estrela do rock.
Por que não ganharia: Não é muito versátil como Bo Bice, o vice-ganhador do ano passado. Sua voz grave não lhe permite cantar ritmos muito fora do hard rock, o que pode fazer com que as pessoas enjoem rapidamente dele.
Paris Bennett:
Por que ganharia: A primeira audição de Paris simplesmente rodou o planeta através dos links no YouTube e sites de fãs, e fez muita gente que nunca ligou para American Idol começar a prestar atenção ao programa. Tem a voz, a simpatia e o talento para ser a próxima vencedora.
Por que não ganharia: É difícil não compará-la com Fantasia Barrino, a vencedora da terceira edição. Mesmo sendo bem mais carismática, é provável que os EUA escolham uma cantora diferente dos últimos anos.
Katharine McPhee
Por que ganharia: Katharine já conquistou milhares de fãs ao redor do mundo desde a sua primeira audição, com God Bless the Child. Além de ter uma voz maravilhosa, é simpática e de longe a competidora mais bonita que já apareceu em 5 anos de American Idol.
Por que não ganharia: Katharine terá que derrotar adversários fortíssimos: Paris Bennet, também uma das favoritas desde a primeira audição, Mandisa e Taylor Hicks, que pode ser o coringa esse ano e surpreender a todos se aparecer na final.
Bolão:
A ordem que imagino que os candidatos serão eliminados:
Melissa McGee
Bucky Covington
Kevin “Chicken Little” Covais
Ace Young
Lisa Tucker
Elliot Yamin
Mandisa
Chris Draughty
Kellie “Calamari” Pickler
Taylor Hicks
Final: Paris Bennet e Katharine McPhee

And the next American Idol is…

Não basta ter apenas beleza ou cantar bem. Na verdade, os dois elementos devem ser bem equilibrados com talento, simpatia e presença de palco. Baseado nesses quesitos, eu aposto minhas fichas em Katharine McPhee! I got the McPheever

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

Um comentário



  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube