A boa crítica - YabloG!

A boa crítica

junho 10th, 2008 | Por Fábio Yabu em Crônicas

Esse ano, faz exatamente 10 (!) anos que resolvi dar a cara pra bater e sair por aí, mostrando quem eu era e o que eu tinha a dizer, através dos meus desenhos e histórias. Nunca foi fácil, não é fácil e eu não quero parar tão cedo. Nesses 10 anos, aprendi a lidar com a crítica alheia, ainda que eu tenha recebido poucas construtivas. Dá pra contar nos dedos da mão de um Teletubbie. No começo eu ficava chateado, depois comecei a perceber um estranho padrão nas críticas, que traziam sempre mais ou menos os mesmos ataques com igual falta de embasamento.

Uma das mais disparatadas (e repetitivas) que eu recebi ao longo dos anos é que meu trabalho não gera empregos no Brasil. Primeiro, com Combo Rangers, que foi publicada por uma editora japonesa (JBC), depois uma italiana (Panini). Agora, com Princesas do Mar, que é co-produzida por uma produtora australiana (Southern Star) e uma espanhola (Neptuno Films).

Essa falácia soa como se meus personagens fossem máquinas a vapor tirando o emprego de operários oprimidos na revolução industrial. Mas, apesar de precipitada e quase caluniosa se a verdade não fosse tão evidente, eu a considero essa uma boa crítica, algo que eu gosto de ler/ouvir.

Eu comecei com 17 para 18 anos. Como o sucesso veio cedo, tive que me virar como podia e dar uma de empresário. Manja? Alugar escritório, contratar gente, lidar com contabilidade, pagamento de salários, etc. Pra pagar as contas, que não fechavam só com os quadrinhos que eu produzia, comecei a vender meu trabalho, fazendo quadrinhos, desenhos, personagens, sites, embalagens e ainda trazia de volta a pessoa amada em sete dias. Por algum tempo deu certo, eu ganhei um dinheirinho, gerei os empregos que tanto cobram de mim, paguei impostos pro governo, que viraram as escolas e hospitais dos quais nos orgulhamos tanto.

Mas depois encheu o saco. Sabe, é bem legal ter a sua própria empresa, ser seu próprio chefe e tal, mas com o passar do tempo eu vi que aquilo não era bem o que eu sabia fazer. Não sei liderar, eu nem sequer me levo a sério o suficiente pra isso. Outra coisa pra qual eu não tenho o menor talento é lidar com clientes. Não quero, não gosto, me mata. Hoje não faço, mas já fiz muito, já vi meus desenhos em anúncios de revistas, comerciais de TV e bandejas do Mc Donald’s, e esse é um dos motivos pelos quais eu não virei publicitário: às vezes eu sentia um certo asco em ver aquilo. Na minha antiga empresa, a gente tinha uma piada interna sempre que o cliente dava uma sugestão (ordem) descabida: “o cliente mandou dar uma ‘excrementada’ no trabalho…”.

É claro que o negócio fechou. Nenhum negócio vai pra frente sem paixão. E eu não só acho bom, como dou graças a Deus. Tem gente que acha feio perder ou falhar, eu acho que foi lindo. Não, não estou tentando passar um pano e dar um lustro em momentos difíceis. Não estou dizendo: “valeu a pena, eu faria tudo de novo”. Faria o cacete! Eu FALIA tudo de novo, isso sim! Mas é nas derrotas que a gente aprende quem realmente é.

Nada contra quem vende seus desenhos, cria campanhas publicitárias ou escreve anúncios engraçadinhos. Mas eu descobri que eu não sou esse cara. E é isso nos traz ao ponto da crítica infundada de que eu não gero empregos no país. Ao ouvir isso, por incrível que pareça eu sinto um alívio, quase um êxtase.

Cada um é o que é, cada um tem a sua contribuição a dar pra esse mundo. Quem tem que gerar empregos não sou eu, é o governo. Eu tenho é que votar com consciência, viver de acordo com o que eu acredito, pagar meus impostos, investir bem meu dinheirinho, comprar de empresas sócio-ambientalmente responsáveis, dar passagem pro pedestre, andar a pé ou de ônibus, economizar energia, comer verduras e vegetais folhosos, cuidar de quem eu amo e ter a coragem pra dizer isso. Além, é claro, de escrever minhas histórias e desenhar meus personagens, que geram empregos sim,  em vários países no mundo inteiro. Mas eu não estou muito preocupado com quantos e nem onde, e sim em fazer a minha parte. Não é o que todo mundo deveria fazer? ;)

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

17 Comentários

  • Leonardo Melo says:

    Caaraaa Falou tudo!

    Desde de pivete que eu vejo seus trabalhos, e mesmo voc tendo zuado o Combo Rangers no Nerdcast 105 eu ainda achei muito feras Porm, whatever.A esse fim de semana eu abri o Reader e ele me recomendou o YabloG.

    Acabei de ler esse post aqui. Cara paguei moh pau meo, sempre que eu tentei fazer algo me jogaram areia e voc mesmo com o povo te enchendo o saco conseguiu garantir seu espao e tem uns projetos moh legais. Parabns cara. Sou f seu agora! XD

    Keep up with the good work!

    p.s.: como meu comentrio est eseperando aprovao espero que negue os dois primeiros que teve um pequeno furo a.

  • Leonardo Melo says:

    [Comment ID #173912 Will Be Quoted Here]

    Puta merda caraaa… Vou corrigir um furo foda! O post dos bonecos foi em outro blog. Owned x.x

    Eu leio tanto que at esqueo! Whatever, no seu foram os filmes de super heris que nunca devero ser produzidos… Espero ser perdoado pelo “pequeno” engano.

  • Leonardo Melo says:

    Caaraaa Falou tudo!

    Desde de pivete que eu vejo seus trabalhos, e mesmo voc tendo zuado o Combo Rangers no Nerdcast 105 eu ainda achei muito feras… Porm, whatever.

    O caso que quando eu ouvi o Nerdcast eu falaram do seu blog e talz eu pensei. P, vou passar pelo blog do Yabu depois neah, mas acabei esquecendo XD. A esse fim de semana eu abri o Reader e ele me recomendou o YabloG. A eu resolvi parar pra ler neah e vi um post do Iron Man se jogando da geladeira, santa falta de servio aquele post mas eu achei legal pacas…

    E agora acabei de ler esse post aqui. Cara paguei moh pau meo, sempre que eu tentei fazer algo me jogaram areia e voc mesmo com o povo te enchendo o saco conseguiu garantir seu espao e tem uns projetos moh legais. Parabns cara. Sou f seu agora! XD

    Keep up with the good work!

  • Fbio Yabu says:

    [Comment ID #173708 Will Be Quoted Here]

    U, mas no foi isso que eu disse no ltimo pargrafo? :P

  • Amicow says:

    No acho vlido o argumento de que descrdito seu no gerar emprego no Brasil. Se nenhuma empresa brasileira se interessou pelo seu trabalho, assim como acontece com milhares de outros desenhistas, escritores, atores, autores, e toda a classe artstica, a culpa no sua, pura e simplesmente. Se uma empresa estrangeira foi a que te contratou e pagou o leite das crianas, pois bem, que assim seja.

    Mas esse seu ltimo argumento de que “todos deveriam fazer a sua parte” tambm invlido. Essa questo foi primeiramente tratada por Adam Smith, que postulava que os desejos individuais e egostas fariam com que uma mo invisvel levasse a sociedade para um patamar melhor. Mas esta teoria foi posta de lado com a criao da Teoria dos Jogos, que diz exatamente o oposto. Ou seja: s quando voc pensa coletivamente que isso far bem para a sociedade em geral.

    Abrao

  • Rafael Seiji says:

    Pois dude, como me disse no email, o melhor que se tem a fazer seguir lutando naquilo que acredita. :D

    Agora, qual desenho voc fez pro Mc ? o.O

  • Juniupaulo says:

    isso mesmo! Afinal a culpa da falta de empregos do Yabu e do Lula dos publicitrios, que devem ser todos uns imbecis que nunca pensam em questes como o desemprego e que devem ser nojentos descerebrados para incentivarem o consumismo e o culto juventude e beleza ideal.

    E no importa se os publicitrios so experts em ttulos legais.

  • na tua caminhada no cabe crticas, Fabio. Vc sabe disso. Tua honestidade e autenticidade so latentes. Como f e testemunha to sempre por aqui, consumindo com alegria o que vc faz. VC presente na minha familia, fez parte do desenvolvimento de meus filhos e sempre teremos uma carinhosa lembrana das coisas que vc j fez, a graas a Deus ainda far. parabns pelos 10 anos. Beijo enorme

  • O brasileiro tem a cultura de jogar pedras nas pessoas que fazem sucesso. Leia as crticas que o Rodrigo Santoro leva sobre suas aparies em filmes americanos. Lembre-se do Guga quando comeou a perder, da nossa brasileirinha da Ginstica e muitos outros.

    Quando tinha 11 anos, aps sair de uma aula de pintura a leo maravilhado com o que eu tinha acabado de fazer tive meu trabalho destrudo por um garoto que disse que eu era um mentiroso e incapaz de fazer aquilo.

    Foi cedo que vi como as coisas so difceis por aqui.
    Mas voc est de parabns, fez sua prpria histria, conquistou seu espao e est colhendo os frutos da boa semente que plantou.

    Agora, olhe pros seus alvos sem perder tempo com a multido de malas que vai te urubuzar.

    Sucesso cara! Que Deus de abenoe e te prospere mais e mais

  • Edungeon says:

    Na verdade o governo no tem a obrigao de gerar empregos para toda populao, o nico que tinha era o da Unio Sovitica e bem… sabe como …

    Sinceramente Yabu, d um grande foda-se nisso, se tu fosse tentar fazer um desenho animado no brasil aposto que seria caro e mal feito!

    E para o Eduardo a em cima ( meu nick era Eduardo antes, agora vou usar Edungeon :P ) As pessoas RECLAMAM SIM do Matt Groing, porque ele os koreanos que fazem tudo xD nunca viu as passeatas contra a Nike e afins?

  • Lucas says:

    Muito bom o texto. Amanh quero ver se vai rolar um de dia dos namorados! Hehe. “Yabu – a gente faz o que quer”

  • Como voc no gera emprego? Voc no paga impostos? no consome na venda da esquina? No jogou jogos da Tec toy? No vai ao shopping? No l jornal? No vai ao mdico? No paga seguro? No paga condomnio? No faz cursos? E mesmo editoras estrangeiras, no tem escritrios aqui no Brasil? No empregam funcionrios? ( Ser que a tia do caf exportada? ) Bom, se voc no faz nada isso, bem capaz que no gere emprego mesmo – e no exista tambm…

  • Alberto says:

    Meu Deus!!!
    Cara, ouvi num dos nerdcasts uma crtica que eles receberam para serem mais humildes. A resposta foi a seguinte: “Pedir para o Azaghal ser mais humilde o mesmo que pedir para o Wolverine parar de falar ‘Eu sou o melhor no que fao’”.
    E existe uma coisa que nem todos consideram, empregos indiretos, que s de ter um blog visitado voc j est contribuindo para que acontea.
    Ponto final, pro inferno com esses caras!

  • Fabio says:

    Que bom que voc no virou publicitrio.
    Imagine: Yabu vestindo sapato sem meia e fazendo vdeozinho de auto-promoo como o Bruno Divetta :D

  • Borges says:

    Yabu, voc baixa sries na internet. Voc est tirando milhares de empregos no terceiro mundo e contribuindo para a fome mundial.

  • Eduardo says:

    Isso srio ? As pessoas realmente te cobram por “exportar empregos” ? Inacreditvel. Ser que pessoas nos EUA reclamam do MATT GROENING ???

  • ricbit says:

    O Yabu gente que faz !



  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube