Lost – Você é um believer? - YabloG!

Lost – Você é um believer?

abril 3rd, 2009 | Por Fábio Yabu em Resenhas

young_ben2
Harry Potter?

Enfim, cá estou eu para trocar dois dedos de prosa sobre a quinta temporada de Lost, que começou mega-boga, mas agora, no décimo primeiro episódio, começa a dividir opiniões. É óbvio que se você é um daqueles malucos que não está assistindo a quinta temporada, ou que não acredita em viagens no tempo, é melhor nem continuar porque agora o spoiler come solto.

Primeiro, cabe aqui um pedido de desculpas por não ter comentado a quarta temporada – pra mim, a melhor até agora. Mas quem acompanhou um pouco do blog ano passado sabe que meu tempo foi muito escasso. Tentarei, na medida do possível, voltar a comentar sobre nossas séries favoritas e as amenidades do dia a dia ao longo desse ano.

Enfim, vamos lá: como você bem deve lembrar, a quarta temporada foi praticamente um grande flashback, que explicou os momentos que antecederam o final da terceira, quando Jack barburu diz a Kate que eles precisam voltar à ilha. Tivemos a introdução de quatro personagens marcantes: a gatinha Charlotte, o gente boa Lapidus, o maluquinho  Faraday (pra mim, o melhor de todos) e o caça-fantasmas Miles, que andam dizendo por aí que é a minha cara. Eu prefiro não comentar esse assunto.

young_rousseau No final da temporada, a ilha se pirulitou e os Oceanic Six voltaram para casa. O mistério que achávamos que ia levar a temporada inteira para ser revelado já foi explicado logo no início: Ben moveu a ilha no tempo, como, aliás, eu havia cogitado no Nerdcast sobre Lost, e o Azaghâl achou que eu estava maluco. Toma! A partir desse momento, a série que você conhecia simplesmente deixou de existir, e o suspense e o mistério deram de vez lugar à ficção científica. É só pegar algum episódio da primeira ou segunda temporada e comparar. Tivemos respostas, MUITAS respostas, algumas convincentes, outras nem tanto.

O lance dos sobreviventes da ilha viajarem no tempo a torto e a direito explodiu a cabeça de muita gente – e eu não tô falando da Charlotte. Foi uma maneira muito inteligente de mostrar o passado da ilha e a história da Dharma Initiative sem recorrer aos desgastados flashbacks. Pudemos ver o passado de Marvin Candle e finalmente conhecemos parte da história da Rousseau, que aliás, era uma gatinha!

Fica só uma pergunta: onde diabos estão os outros sobreviventes, como Bernard e Rose? Tinha mais gente, não tinha? Estão dando um rolê nos anos 70? Foram comidos pelo monstro de fumaça? Ou simplesmente esquecidos pelos roteiristas?

young_rousseau_2
Antes…

rousseau
… e depois. DEZESSEIS ANOS sem lavar o cabelo ou depilar o sovaco.

No meio de tantas respostas, surgem sempre novas dúvidas e aquele enorme vácuo onde cada um resolve colocar sua própria explicação. E acho que é aqui que a temporada se enrolou um pouco e andou desapontando algumas pessoas. Vamos a alguns fatos:

  • Charles Widmore lembrava que Locke o havia visitado nos anos 50. O que explica perfeitamente o porquê dele ter enviado Abaddon ao hospital onde Locke estava quando ficou paraplégico. Widmore sabia que, dali a alguns anos, Locke viajaria no tempo e encontraria com seu eu passado. Então, já ficou de olho no cara e arranjou tudo para que ele fosse parar na ilha. Ponto pros roteiristas, que amarraram tudo tintim por tintim.
  • Acontece que Locke não foi o único a viajar no tempo. O mega-boga Daniel Faraday também viajou, e encontrou com o Desmond do passado. Se apresentou e tudo mais – coisa que Desmond só se lembrou três anos depois de sair da ilha, durante um sonho. Segundo Faraday, Desmond se lembraria porque ele é “diferente”.
  • Outra que parece ser desmemoriada é Rousseau, que encontrou com Jin em dois momentos de sua juventude. E ela não pareceu reconhecê-lo durante as primeiras temporadas.
  • O caso mais dramático é o do jovem Ben “Harry Potter” Linus, que levou um tiro de Sayid. Como ele não se lembraria disso no futuro? Segundo Richard, é porque os hostis o tornariam um deles e ele perderia a memória. How convenient!

Porém, eu tenho uma teoria (e é melhor me levar a sério agora, Azaghâl!), que explicaria esses esquecimentos tão convenientes. Pra entendê-la, você vai ter que abrir a sua mente.

O tempo em espiral

Bom, geralmente as pessoas acham que o tempo é uma linha reta que está sendo desenhada nesse exato momento. Estudando um pouquinho de Teoria da Relatividade você descobre que não é bem assim. Imaginar o tempo como uma linha reta é tão arcaico quanto imaginar que a Terra é plana. Na verdade, o tempo é como se fossem várias camadas sobrepostas, onde passado, presente e futuro são simples ilustrações que visam proteger nossa percepção limitada da total insanidade.

Se você imaginar o tempo como uma linha reta, realmente não consegue explicar as falhas de memória (ou de roteiro) dos personagens. Porém, se imaginá-lo como camadas ou, pra simplificar, como uma espiral, a coisa pode fazer algum sentido:

desmond_01

Aqui está a vida de Desmond, pré-viagem no tempo de Faraday, onde os fatos parecem ocorrer linearmente para ele – mas para nós, é uma espiral onde começo, meio e fim já estão definidos.

desmond_021

No momento em que Faraday volta no tempo, um novo elemento surge na espiral, cujas consequências só serão sentidas num ponto específico do futuro. É por isso que Desmond “não se lembrava” de Faraday. Pra todos os efeitos, tal fato NÃO HAVIA ocorrido até o momento em que Faraday viajou no tempo. Isso explica também as outras amnésias. Se minha teoria estiver correta, Ben só se lembrará que levou um tiro de Saiyd quando isso realmente ocorrer; em seu tempo, nos anos 2000, e no de Sayid, nos anos 70.

Porém, isso não explica o porquê de Widmore lembrar de Locke, nem as frequentes aparições de Richard Alpert em diversos momentos da ilha. Na verdade, cria um paradoxo, o que tem deixado muita gente confusa.

E agora?

Pra quem não lembra, a temporada atual terá apenas 16 episódios. Estamos na reta final, com apenas 3 episódios até o season finale (que geralmente é duplo). Falta muita coisa pra acontecer ainda, e muitos personagens importantes ainda não mostraram a que vieram. Faraday, Desmond, Miles e até mesmo Locke tiveram participações pequenas. Muitas outras dúvidas pairam no ar, envolvendo Sun e o pai de Jack, e o real motivo pelo qual os Oceanic 6 deveriam voltar à ilha. Além dos sobreviventes desaparecidos, agora temos toda uma galera que acabou de chegar no avião. Aaaaaaaahhh!

Apesar de tantas dúvidas e paradoxos, acho que essa está sendo uma temporada excelente. Os roteiristas pisaram no acelerador e deram uma grande guinada na série. Pra quem adora histórias de viagem no tempo como eu, está sendo um prato cheio. Mas reconheço que o tema pode não agradar muita gente. Então eu pergunto, caro leitor(a) do YabloG!: você é um(a) believer???

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

16 Comentários

  • Carol says:

    Eu concordo PLENAMENTE com o comentrio do Allan aqui em cima. Acho que os dois avies carem com caixo de pessoas mortas, que ja estiveram na ilha, no coincidencia. procedimetno para entrar l.

    Excelente post!

  • Pingback: Trs teorias sobre Lost - Trabalho Sujo - OESQUEMA

  • Allan Rojas says:

    Yabu: Sobre o pai do Jack, eu penso o seguinte.
    Ele ja esteve na ilha antes, assim como Locke agora…que entrou em um avio morto e quando caiu na ilha ficou vivo.

    Acredito que quando o pai do jack estava no avio(morto), outros passageiros davam as condies que ele precisava para voltar na ilha.
    Assim os sobreviventes cairam na ilha, exatamente como aconteceu agora, com esses novos sobreviventes que no tem nada haver com os antigos.
    Tipo, o pai do jack caiu morto e ficou vivo no presente, mas os outros que davam condies para retornar a ilha voltaram, mas para o passado.
    Exatamente como nesta temporada…

    Seria como uma roda, sempre acontece as mesmas coisas, com pessoas diferentes…a propria ilha vai reciclando o pessoal.

  • Maya Cimionatto says:

    I’m a believeeeeeer….
    Not a trace of doubt in my miiiiiiind……

  • Sobre os esquecimentos:

    1) Acho que a Rousseau no reconhecer 16 anos depois uma pessoa que ela viu por pouqussimo tempo, oriental ou no, no nenhum furo de roteiro.

    2) No sei se a “amnsia” do Ben seja usada APENAS para explicar por que ele no reconheceu o Sayid. Na verdade isso desnecessrio, j que no se poderia afirmar que ele no reconheceu. Ele j tinha informaes sobre os passageiros que cairam na ilha. Ele estaria preparado para encontrar o Sayid e poderia perfeitamente ter dissimulado que no o conhecia. Quanto a alegao de que ele no lembraria dos outros losties tambm por causa dessa “amnsia” uma afirmao precipitada. Ele vai ser curado e dever v-los novamente a menos que os losties tenham ido embora antes dele retornar Dharma, o que sabemos que aconteceu pois ele permaneceu com a iniciativa at a vida adulta.

    3) Quanto ao Desmond seria aceitvel sim, dadas as condies psicolgicas em que ele vivia e ao fato do encontro ter sido curto, que ele no se lembrasse do Faraday. O que no d pra explicar ele se lembrar tanto dele quanto da mensagem apenas trs anos depois de ter sado da ilha.

  • Corellian says:

    So 17 episdios essa temporada, no?

    A anterior teve 14. Disseram que iam dividir os dois restantes entre as duas ltimas temporadas…

  • Rodrigo says:

    Ol, Yabu, tudo bem?

    Sensacional seus comentrios sobre Lost, vai voltar os sries round-up? Falta comentar sobre Heroes!

    Agora, mudando de assunto, estou precisando de sua ajuda. Estou escrevendo um livro, e tenho dvidas de como funciona a publicao.

    As principais delas so:

    1. at que ponto um novato tem autonomia para publicar seu livro do jeito que escreveu, sem um editor se intrometer com a histria (cortando textos que ele acha desnecessrio ou acrescentando opinies)?

    2. E depois, como funciona o pagamento do escritor com a venda dos livros? Quantos por cento vo para a editora e quantos vo para o escritor?

  • Bella says:

    Eu acho que todo mundo que encontra o pai do Jack est morto.
    A Claire, o Locke quando cai no buraco da roda do tempo l, a Sun.
    =

  • Ananias says:

    Yabu, vc um maluco foda.

    No d pra culpar a Rousseau. Japa tudo igual. Se hoje eu encontrasse na rua um china que eu vi h dezesseis anos atrs, passava direto e nem cumprimentava.

    O Ben sempre soube que o Sayid iria tentar mata-lo. Este foi o acontecimento fez com que no futuro ele se tornasse o lder dos Outros. O Ben limou o Widmore e matou o Locke para tentar manter este cargo, ento levar um tiro no nada.

    E o Desmond… Bem, aqui eu vou chutar alto, mas acho que o que aconteceu com ele no final da segunda temporada deve explicar o pq dele ser diferente.

    Sobre os outros sobreviventes, acho que j deve ter morrido todo mundo. No final deve sobrar apenas o Rose e Bernard, que para mim so o Ado e Eva encontrado nas cavernas na primeira temporada.

    Viagem no tempo em espiral… tsc, tsc, tsc.

    ;)

  • Emarx says:

    A minha opinio : Eu acho que o Ben se lembra, apenas no contou mas isso j aconteceu. A Rosseau louca, ento nem conta. O Desmond especial, ento pode-se mudar o futuro dele.

    Pra mim, a dvida dessa temporada : Porq a Sun no voltou no tempo?

  • Yabuzin,

    Seguinte:
    O Desmond escocs e escoceses so pssimos fisonomistas, alm disto o cara tava numa ilha sozinho pirado, apertando botes a cada x minutos, um dia um cara parece na porta dele e vc quer que ele se lembre mil anos depois….no way…
    Russeau nem desmemoriada, ela tinha naufragado, todos seu amigos ficaram loucos, ela matou alguns inclusive, pirou geral, roubaram sua filha e ela estava sozinha e malucona fazia 13 anos numa ilha cheia de coisa estranha e ela np ia sem lembrar da fisionomia dum oriental, podia ser vc ou o Kato. No way n 2.
    Agora pra teoria do Ben eu tenho outra: o Ben queria fugir da Ilha. qdo adulto ele sabia que s conseguiria se ele, qdo criana) ajudasse o Sayd a fugir, levasse um tiro e seria salvo por Alpert, ser…num sei, no assisti o 11 ainda…
    bjs :-)

  • Eu sou um believer e essa temporada pra mim tambm est sendo excelente (at o presente momento). O Ben criana levando um tiro do Sayd foi MUITO, MUITO foda.

    Abrao!

  • Cara, eu sou um true beliver!
    At concordo com o lance da espiral, mas uma coisa que ningum est lembrando :

    Ningum disse que os caras no lembram do que aconteceu ou deixou de acontecer.

    Veja, Ben, um mentiroso do inferno nunca deixou passar nada, ou seja, ele pode ter se lembrado do Sayd mas nunca ter falado nada.

    O Widmore foi o nico q comentou ter lembrado. J o Desmond “especial”, ou seja, t fora do balaio.

    Assim sendo, nada garante que os caras no lembram, s que eles no comentaram ter lembrado (exceto o Widmore).

    Pra mim isso. O resto, a srie continua megaboga!

  • Sensacional!! Confesso que aps o 10 episodio dessa temporada eu fiquei receoso que a srie entrasse por um caminho sem volta de realidades alternativas.. onde muitos j se enrolaram..

    .. mas no, esse 11 episodio continuo seguindo a mesma linha de raciocinio anterior.. e ainda deu uma zoada nessa galera que ta ficando perdida no meio do caminho, com a excelente cena protagonisada entre Hurley e Miles.

    Em relao a sua teoria eu acho totalmente pertinente e expica bastante coisa.

    Vamos aguardar a resoluo disso tudo, s que tem muita historia pra pouco capitulo.. hehe

  • No entendi porque a foto do Harry Potter logo na cabeceira do post

    :D

  • Paul says:

    Eu sabia. Isso ia acontecer. Desde quando o Jin acordou num pedao de barco explodido e ela apareceu. Um dia depois do episdio em que a Jovem Russeau apareceu, eu me perguntei, e at tuitei a respeito: Como o Yabas ainda no escreveu em lugar nenhum que e Russeau era m gatinha?

    Vai ver eu viajei no tempo e s falei isso pr ele ontem, por isso ele se ligou que tinha que escrever. I’m a believer.



  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube