Explicando o Maria Bethânia Gate - YabloG!

Explicando o Maria Bethânia Gate

março 16th, 2011 | Por Fábio Yabu em Resenhas

Disclaimer:

1. O autor desse post não possui qualquer relação com Maria Bethânia ou as empresas envolvidas.
2. O autor desse post já participou de diversos editais promovidos pelo MinC, em especial nas áreas de cinema e TV, apesar de nunca ter sido contemplado. Sem ressentimentos, juro.
3. Assim sendo, o único intento desse post é explicar COMO funciona a lei e esclarecer o assunto para quem não conhece, sem fazer juízo de valores, nem dizer se concordo ou não com o projeto do blog da Maria Bethânia.

Ok?

Então vem comigo!

[ATUALIZADO ÀS 19H14]: O Minc publicou em seu site uma nota de esclarecimento, corroborando o que eu já havia explicado aqui e justificando seus critérios.

Desde hoje cedo a internet brasileira está em polvorosa a notícia dada por Mônica Bergamo de que Maria Bethânia teria conseguido autorização do MinC (Ministério da Cultura) para captar R$ 1,3 milhão e criar um blog. As manifestações, vindas de diversos setores da sociedade, começando pela mídia, passando pela classe artística até chegar aos miguxos da internê, são carregadas de revolta e, infelizmente, muita desinformação. O cantor Lobão teria afirmado no Twitter: “DEVOLVE A GRANA, BETHÂNIA!“.

Nunca é demais repetir, e estou tentando ser o mais didático possível: não estou aqui para defender Maria Bethânia, confesso que não sou seu admirador ou público alvo, e que a única memória que tenho da cantora é a inesquecível personificação do Didi.

Mas como produtor de conteúdo e cidadão, acho que cabe um esclarecimento a quem não conhece direito os (complexos) mecanismos de incentivo fiscal: o fato do MinC ter, conforme a nota afirma, “AUTORIZADO A CAPTAÇÃO“, não quer dizer que os bolsos das calças largas de Bethânia estejam R$ 1,3 milhão mais gordos – e sim, que ela tem autorização para, junto a patrocinadores privados, ralar para conseguir essa quantia. Se ela merece, ou se vai ou não conseguir, são outros méritos.

Como a nota não esclarece e ainda não houve manifestação do MinC, não é possível saber quais serão os mecanismos legais (leis de incentivo) utilizados – mas como regra geral, o patrocinador tem o direito de abater seu investimento de cerca de 4% do imposto de renda devido. Ou seja, uma empresa que paga R$ 100,00 de IR por ano pode dar R$ 4,00 para o blog da Bethânia, e pagar R$ 96,00 pro governo. Simples assim.

Ou seja, NÃO HÁ, diretamente, investimento de dinheiro público. O dinheiro da isenção poderia ser usado para outros fins? Poderia, bem como para financiar outras obras culturais. A minha, ou a sua. Achar que o dinheiro poderia ser usado para construir creches, bibliotecas ou hospitais é nobre, mas não funciona na prática: essas áreas já contam com recursos próprios, diga-se de passagem, muito superiores aos da cultura. Se são bem usados ou não, não cabe a mim dizer, estou apenas explicando, o mais didaticamente possível, como as coisas funcionam. Ok? Então continua lendo antes de jogar esse leito hospitalar na minha cabeça!

Qualquer cidadão pode inscrever um projeto cultural (seja de cinema, literatura, TV, música, teatro ou mesmo, blog) junto ao MinC para obter recursos de isenção fiscal. Como o dinheiro eventualmente captado não sai do orçamento público, ninguém vai deixar de construir escolas, creches ou hospitais por causa disso. É um mecanismo legal, de acesso teoricamente democrático, utilizado em obras como Cidade de Deus e… Xuxa e os Duendes.

Se você busca uma forma mais simples de financiar sua obra, existem os editais públicos, disponibilizados no próprio site do Minc, que aí sim, fornecem verba para a realização de projetos, mas com regras claras e amplamente divulgados pela imprensa. Confira aqui os editais em andamento.

No site do MinC: entenda a renúncia fiscal.

ANTES DE COMENTAR, LEIA. POR FAVOR. É IMPORTANTE. TE PEÇO DE JOELHOS:

Muita gente tem manifestado sua insatisfação quanto ao projeto aqui. Salvo comentários de baixo calão, todos serão expostos para que possamos ter uma discussão saudável e democrática – mesmo os que tentam me agredir pessoalmente, sei lá eu por quê. Mas se você acha que teve seus direitos de cidadão violados, por Maria Bethânia, por Gil, por Caetano ou sei lá mais quem, acesse o site do MinC e manifeste lá a sua indignação. A MINISTRA NÃO VAI ENTRAR AQUI PARA LER, ENTENDE??!?!?

E por favor, antes de comentar, LEIA O POST TODO, em especial, a parte em que digo QUE NÃO ESTOU DEFENDENDO MARIA BETHÂNIA, Gil, Caetano e sei lá mais quem, e apenas e UNICAMENTE EXPLICANDO TIM-TIM POR TIM-TIM como funciona o incentivo fiscal.

Deus, eu me sinto como uma professora primária.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

97 Comentários

  • Pingback: ArqBlog | Blog | " Penso, blogo existo"

  • Evandro says:

    Belssimo texto Fbio, est de parabns, fui um dos que critiquei muito toda essa ‘coisa’ criada em torno da situao, porm, lendo seu artigo consegui ver com mais clareza os fatos.

    Abrao e continue escrevendo assim, seus textos so muito bons.

  • Pingback: Thus Spoke Lekkerding - Admirvel Conscincia Nova

  • palhao says:

    Ja ouviu falar em lavagem de dinheiro? ela arruma um amigo empresario ele “doa” a grana q teria q pagar ao IR, ela tira a parte dela e devolve o resto pra ele…

  • Parabns pelo esclarecimento! Infelizmente na maioria das vezes existe um conflito de interesses nos meios de comunicao (dar a notcia correta x valorizar o tema).

    Solidarizo com o post, pois passei a semana inteira combatendo a desinformao e explicando para todo e qualquer desesperado com situao do Japo que as exploses no foram nucleares e que s de tomar sol j se tem um aumento de exposio radiao…

  • Schneider says:

    Cara, incentivo dinheiro pblico sim! O governo deixa de arrecadar e vai direto sim para o beneficiado! Ela est errada? No. Errada est essa lei torta, como quase todas no Brasil.

  • Ferdinan says:

    No sei se vcs. notaram,mas relativamente consideravel parte do ressentimento – aqui no caso endereado Diva Bethania – s e somente s porque os caras da Conspirao (que vao embolsar, ops!, realizar o trabalho) so mans de muita sorte e comem iguarias como Mariana Ximenes e Claudia Abreu… Mas – aparte eu concordar que um descalabro com desejo publico que o feioso Pedro Buarque tenha por primeira-dama e delicia de consumo dirio a deusa Ximenes – vamos e venhamos: a discusso foi,sim, pro lado pra la de PESSOAL. Eles (da Conspira) no tm culpa de terem nascido sobrinhos do Chico Buarque, e desta maneira sempre conseguirem financiamento fcil e transito livre pros seus projetinhos – sejam eles coisas legais como O MISTERIO DO SAMBA, ou coisas boais como A MULHER DO MEU VIZINHO ou coisa assim.

  • Isabela Cunha says:

    A explicao est realmente explicativa, tia (j que vc se sente como a professora do primrio).
    A questo , a Bethnia conseguiu 1,3 milho. Eu conseguiria? Voc conseguiria? O cidado da poesia marginal conseguiria? A iniciativa independete? A me do candonbl? O grupo de teatro da esquina? Discorde se quiser, mas a resposta NO!

    Posto que nignum consgeuiria mas a Beth conseguiu. Porque, desse projeto milionrio, 600 mil (quase um tero da grana, se no me falha a matemtica) tem que ir para o intrprete que, no caso, a Maria Bethnia mesma?

    MAIS: A cultura (isso ponto de vista) deve ser plural! A bethnia tem cho queimado pra gerir um projeto muito mais abrangente com esse montante absurdo. Tem cacife, inclusive, pra correr atras de patrocneos que no saiam do IR. Porta a porta como qualquer cidado no famoso (mas, no caso dela, com bem maior facilidade).

    Bem ou mal, essa grana dinheiro pblico em potencial. E existe, inclusive, uma lei que proibe propaganda pessoal com dinheiro pblico.

    Pra mim esse projeto falho em inmeros sentidos, e sua aprovao, mais falha ainda!

  • Rogrio says:

    Ai, Fabio… No liga no.
    Embora ache que foi muita grana para poucas mos.
    Achei que voc esclareceu muito bem a lei. Se o pessoal no concorda com ela, que faa algo para muda-la.
    O caso em questo seria apenas inseno de impostos.
    Ns investimos bilhes em vrias reas Sade, Educao, etc… E o dinheiro no chega por ser mal distribuido (muitas vezes caindo nas mos de corruptos).
    o que deveriamos recriminar qual empresa investiria tamanho capital em Maria Bethnia e no porque o Yabu esta esclarecendo a lei de fato.

    Por favor pessoal…

  • At esqueci dessa treta com a Bethnia quando li seu perfil e lembrei dos Combo Rangers! Primeira HQ que acompanhei (Turma da Mnica no conta).

  • Edgar Mort says:

    “Deus, eu me sinto como uma professora primria.”

    Interessante a sua comparao. Quer dizer que quem discorda do seu “imparcial” ponto de vista, que apregoa que est apenas repassando as informaes tais como elas so, de forma mais inteligvel, comparado implicitamente a “alunos primarios”, que por “N” fatores podem discordar a suposta imparcialidade do seu post, bem como dos aspectos legais e morais em que o caso apresentado se baseia.

    Uau!

  • Mimimi imimimim miimimi mimimimi mimi mimimimim mimimim mimimimi mim imi

    Pergunta relevante: o que pensariam os fs de MPB, msica baiana, Caetano, Gil ou sei l mais quem, quando vissem uma notcia dizendo “Governo autoriza blog de quadrinhos a captar 1 milho de reais”?

    Acho que no ficariam muito empolgados com a ideia, no.

  • darkgabi says:

    no dinheiro pblico diretamente, mas autorizando empresas privadas a discontarem do IR 4% da contribuio q derem ao blog, a unio est abrindo mo desse dinheiro, certo? logo, para todos os efeitos, capital pblico sim, s q futuro: ele deixa de ser recolhido.

    se no fosse “dinheiro pblico” de alguma maneira, pra q precisaria de uma lei dessas anyways, se vc pode doar o q vc quiser pra quem vc quiser, contanto q vc pague os devidos impostos com a movimentao financeira? entende o meu ponto?

    agora, uma dvida: os 1,3 milhes a quantia q a unio t abrindo mo? o q significa exatamente esse valor?

  • Renata Braga says:

    Muito boa tua explicao! acho que antes de sairem gritando por ai e dando uma de pseudo – intelectuais, deveriam assim com tu, procurar a informao correta para ento manifestar sua indignao de prefer~encia corretamente.

    Parabns pelo post!

  • Pingback: Gerrys Blog » Blog Archive » Maria Bethnia | Maria Bethnia ter R$ 1,3 mi para criar blog – Internet

  • Caio Queiroz says:

    No sou conhecedor da lei, mas ouvi hoje na rdio CBN que a autorizao de captao se refere a recursos de iseno fiscal das empresas.

    Nesse caso dinheiro pblico, sim.

  • Julio says:

    O dinheiro no pblico haha

    T bom cordeirinho.

    Quero ver qual empresa privada vai deixar de recolher impsoto pra bancar esse blog ai.

    Quer apostar que vai ter algum parente dela no meio?

    Pois .

    Mas enquanto tiver nego iludido batendo palma pra isso, as falcatruas continuam.

  • Marcio says:

    Alem disso o banco Icatu e socio da conspiracao filmes, o mesmo que vai patrocinar o projeto com isencao fiscal

  • Luciana says:

    E a Mnica Bergamo, nada? Pela base informativa das notcias divulgadas pela imprensa, que h muito, vem deixando a desejar.

  • Maria Mees says:

    Ah, t… ento o fato dela ser a Bethania no influenciou em nada pra receber esse trocadinho para o projeto… Ok.
    Ento, boa Pscoa e que o coelhinho te traga muitos ovinhos de chocolate, querido.

  • Edgar Mort says:

    “sem fazer juzo de valores”?

    Quando voc decidiu que as pessoas precisavam ser esclarecidas sobre a questo, j fez um juzo de valor! Do contrrio, teria ficado na sua.

  • Jessica says:

    Gente, pelo amor de Deus, no um absurdo ela ter 1,3 milho pra fazer 365 vdeos bem produzidos (que so caros), e publicar num blog.

    Isso no nem 1% do gasto do governo federal em um ano. Eu acho absurdo o gasto dos outros 99%.

    Quando aprovaram o aumento no salrio dos deputados ningum quis ir s ruas, n?
    Na hora de ficar com aquele troco que a caixa do mercado te d errado vc tbm no acha absurdo. Bora refletir?

  • Zca says:

    Amigo que escreve nesse blog, no fale m&rd@. Leia o texto do projeto da Bethania (http://www.cinemaemcena.com.br/pv/BlogPablo/file.axd?file=2011/3/Projeto+Cultural.pdf) e ver que s o “diretor artistico”, ou seja, ELA MESMA como est especificado no texto, ganhar R$ 600.000,00. BRINCADEIRA!!!!! ESSE PAS NO SRIO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Vamos nos unir e sair as ruas!!!!! Peloamordedeus esse pas precisa mudar!!!!

    • Fbio Yabu says:

      Zca: Mais uma vez: leia o Disclaimer. No estou aqui fazendo juzo de valores, apenas EXPLICANDO UM MECANISMO. Se eu te digo que sei como funciona uma bomba atmica, no quer dizer que concordo com ela ou tenho uma em casa.

  • Valeu, pelo esclarecimento, Yabu!

  • Flavio says:

    Se dinheiro de imposto que deixa de ser recolhido, SIM dinheiro pblico.

  • No concordo quando se fala em dinheiro privado. O dinheiro pbico. O governo apenas deixa de receber e entregar a Maria Bethania. Passa um ‘cheque’ para que ela v buscar a grana diretamente das mos das empresas que iriam entregar esse dinheiro ao governo por conta de seus impostos devidos. Ou seja, se eu tenho que receber uma grana do seu Z, vai tu l e pega pr tu. Diz pr ele que eu autorizei. A vc gasta com esse seu blog e me entrega somente as notas fiscais dos gastos para comprovar a despesa. No ilegal, mas imoral e engorda.

  • Luciana says:

    O Governo no vai dar o dinheiro pra ela mas…
    ela com a fama que tem no precisava recorrer ao Minc pra fazer um blog, ela poderia buscar diretamente esse patrocnio porque nehuma empresa negaria

    Se eu vou levar minha pastinha do projeto teatral da minha, Companhia pra Patrocinar e ela vai levar o projeto dela pra Icatu quem vocs acham que a Icatu vai escolher?.

  • fabricio says:

    Olha,isso amenizou um pouco,mas no significa que ela merece tanto dinheiro pra um blog!!!seu texto foi timo

  • Maiti says:

    Oi Fabio, ao contrario do que muitos dizem entendo bem o seu ponto de vista… e basta dar uma olhada em como funciona e quais os requisitos para um projeto ser aprovado pelo Minc via Lei Rouanet, para ver que nada to simples como parece…
    Os R$ 1,3 mi , se foram captados no iro parar integralmente no bolso da Bethania e nem to pouco nos cofres da conspirao filmes, todo trabalho feito merece ser pago. E pelo que vi do projeto sero mais de uma centena de filmes,certo…
    Ento vamos ai pagar produo (profissionais da produo), estdio (profissionais tcnicos de estdio), so muitos profissionais envolvidos, alm claro da equipe que vai editar e publicar isso no blog.
    Isso citando por cima os profissionais necessrios.
    O dinheiro que a Bethania receber no a deixar milionria, ser o pagamento pelo numero de horas que ela trabalhou na produo e pr-produo do produto, no caso blog.

    Eu ainda no entendi, mas lendo os comentrios tive a impresso de que o problema o tipo de midia e/ou produto que ser utilizado.
    Se por acaso o produto fosse um livro ou DVD ou espetculo que os alunos de escolas publicas recebessem gratuitamente seria mais vlido do que um blog?

    E se vcs, blogueiros, fossem convidados para participar de um projeto cultural como esse, com uma grande artista brasileira, trabalhariam por mais de um ano, 8 horas por dia de graa s pq um blog?!

    fcil criticar

  • Lia says:

    Mesmo com esse seu post que explica tudo desenhando ainda tem muita gente que no entende o que essa “Autorizao de Captao” significa… fiquei extremamente desapontada com a posio do Lobo… se ele que artista no sabe a diferena, menos ainda saber o publico…
    Vc como sempre o mximo :)

  • to caro assim fazer e manter um blog? Ser que tantos outros blogueiros precisam de 1,3 milho pra manter seus blogs? Uma parceria com uol, terra, ig, etc… no seria o mais correto? Vrias personalidades fazem isso, pq o governo tem que ajudar a Maria Bethania? Nao acho certo. Como ja postaram, esse valor poderia ajudar varias outras manifestaes culturais, como o teatro.

  • Fabio says:

    Muuuuito esclarecedor mesmo….. para analfabetos.

    Vai desenhar bonequinha q vc ganha mais….

    T discursando por inveja de no conseguir R$1,00 no governo…

  • Evaldo Magalhes says:

    Informao provavelmente irrelevante: Pedro Buarque de Hollanda que deve ser parente da ministra da Cultura, mas no tem nada a ver, n? scio da Conspirao Filmes, a produtora que far (ou faria?) os tais 365 filminhos pro blog de R$ 1,3 milho da Bethnia.

  • Rafael says:

    Muito bom o post, cara.

    E bem esclarecedor.

    Obrigado.

  • Chantal says:

    Concordo com a maioria dos comentrios. A questo que no s dinheiro pblico, e muito, como tambm algo que no beneficiar a maioria da populao, que no tem acesso internet.

    Outra coisa vlida que foi dita aqui: por que descontar no imposto se a empresa j estar fazendo propaganda com seus logos no vdeo?

    Produzir um vdeo custa caro? Pode ser sim, mas no precisa fazer nenhum esforo sobrenatural pra dar uma enxugada nesse oramento e fazer uma coisa de qualidade.

  • Vini says:

    Obrigado pela explicao.
    Era essa minha dvida
    abraos

  • Csar says:

    Pessoal acha que de certo governo incentivando a criao de blogs de vagabundos como o .Intendo ou Eu salvo. Por Deus, gente, blog no s isso. E fora que o material para filmagens que ela utilizar de qualidade e custa caro.

    Gerar contedo isso a, galera. Eu aprovo. Se no for para um mau propsito, que v para a gerao de contedo ao menos. Deu de “copicola” em 3 mil blogs do mesmo tipo e AUSHausAHSUhsuAHSUH pincelados. Chega desse po e circo nojento. Vamos incentivar o deslanchar do pas culturamente!

  • melina says:

    O governo no libera 1,3 milhes pra qq z ruela que se cadastra no projeto e outra se ela quer tanto dinheiro pq no arrumou patrocinadores seria muito mais honesto do que pegar tanto dinheiro assim do POVO. Do POVO sim pois vem de impostos que iriam para o povo.
    Sua matria tentou ser explicativa mas ns, o povo, no somos to imbencis.

  • anna v. says:

    Muita gente j comentou com pertinncia, mas no custa repetir: se ela conseguir captar qualquer coisa, o valor captado ser dinheiro pblico sim, e no verba da iniciativa privada.

  • Fernando Avena says:

    Qualquer cidado pode inscrever um projeto cultural (seja de cinema, literatura, TV, msica, teatro ou mesmo, blog) junto ao MinC para obter recursos de iseno fiscal.

    ok..mas vai escrever e captar o recurso pra tu ver. qualquer um pode inscrever…mas nem todos consegue captar. tem milhares de projetos e milhares que nunca captou….pois empresas nao acha que vai ter visibilidade. entao no caso ai…a ela como conhecida, o risco de conseguir eh baixo, entao nao precisa de incentivo .gov.

  • Maurcio says:

    Mais dinheiro pblico indo pro ralo.

  • Fabio says:

    O valor “1,3 milho de reais” dividindo em 10 grupos de teatro, rende 10 espetculos de at 130.000 reais cada, s pra dar o exemplo do teatro. Com esse projeto aprovado, o Minc deixa de aprovar dez projetos teatrais, ou dez projetos de dana, ou um nmero ainda maior de outros projetos culturais. Acho que a idia interessante (sim, o mundo REALMENTE precisa de poesia), mas uma artista do nvel dela no precisa do MinC. E tenho certeza que ela conseguiria negociar diretamente com uma produtora de filmes, tanto nacional como internacional. O cinema nordestino, por exemplo, muito rico e, infelizmente, menosprezado, e precisa do apoio do governo. Mas no, o MinC aprova o projeto da Maria Bethnia porque “ela tem nome, ela fez parte do movimento Tropiclia, ela patrimnio da cultura brasileira, ela vai fazer poesia e postar na internet…”. GUIMARES ROSA 1,3 milho de vezes mais poeta que ela!

  • Sergio says:

    Concordo totalmente com o que o Marcelo Reis diz. Maria Bethania e Andrucha Waddington usando lei de incentivo palhaada. Eles j conseguem andar com as prprias pernas, n? Por favor…

  • Fbio,

    No estou aqui para defender ou acusar Bethnia, porm, apesar das crticas tortas e superficiais de tantos, o mais crtico que se utilizam de um edital pblico, feito no para promover quem j est “por cima”, mas justamente a grande maioria que move a mquina cultural com quase “zero” de incentivo, geralmente tirando do prprio bolso.

    4% para uma empresa que recolhe R$10 milhes so R$400 mil reais. bastante grana, no?

    Quantos segundos na Globo se consegue com essa quantia? Poucos, verdade?

    Ento para as empresas melhor patrocinar Bethnia do que uma banda/cantor menos expressivo, pois a empresa conseguir uma melhor visibilidade, com “pouco” investimento” em relao a outros meios, que lhe trar um timo retorno.

    No mercado a gente sabe que assim: Traz retorno ou no vale nada.

    Lgico? Sim, lgico! E a que mora o perigo do minC se transformar numa baia das grandes empresas, um “lobista” a paisana.

    Perde eu, perde muitos.

    srio.

    Antonio Rossa

  • Eduardo says:

    Concordo em parte com o que foi dito. Tambm j participei de editais do Minc, sem sucesso.
    Porm, por que o Minc deu esse direito a ela, e no centenas de outras pessoas, to ou mais talentosas, com projetos melhores e mais efetivos para o desenvolvimento da cultura no pas ou regio? O que revolta no o fato dela ter conseguido. o fato do governo entregar essa autorizao de captao a muitos projetos pobres e elitistas (como o caso do Cirque D’Solei tambm, cujos patrocinadores recebem incentivo fiscal, e mesmo assim o preo do ingresso nas alturas). Logo, se ela no v isso, e parte para captar esse recurso, efetivamente, ela t dando uma de Joo Sem Brao. Outra coisa o valor. Como ela pe em um projeto que um blog vai custar 1.3mi de reais? E pior ainda, saber que esse valor foi aprovado… no h critrio. E isso est matando a produo cultural brasileira. Pode ter certeza.



  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube