YabloG! - Author Archives

Author Archives: Fábio Yabu

O beijo

outubro 3rd, 2007 | Posted by Fábio Yabu in Crônicas - (21 Comments)

Eu posso falar sobre os beijos que dei por aí. Começou com aquele que dei na minha amiguinha da sexta série, só pra fazer ciúmes na outra que era razão de meu afeto e meus hormônios. Depois desse fiasco, teve muitos outros; alguns doces, outros amargos, muitos sem sal. Beijos que dei no carro ou no ônibus, nunca beijei num avião, mas teve aquele que dei quando estava a pé, esperando o sinal abrir. O bonequinho mudou de cor, ficou verde, vermelho, as línguas dançavam, verde, vermelho, as pessoas desviavam, verde, vermelho, os motoristas corriam, verde, vermelho, o bonequinho ainda não se decidiu o que vai ser e o beijo ainda está lá, há quase sete anos. Os beijos que dei em meus sonhos e aquele que durante um pesadelo, tirava a enfermidade dela e soprava vida em seu corpo que não queria mais viver. O beijo de alívio que dei ao acordar. Os beijos que dei no banho e aquele molhado de lágrimas que sabiam que aquela seria a primeira de tantas últimas vezes. O beijo que dei pra dizer que não iria embora, os que dei pra dizer que ficaria só mais um pouquinho. O beijo errado que dei porque era a coisa certa a se fazer. O beijo que roubei no estacionamento do shopping; eu sei que é cafona, mas ninguém podia ver e foi tão bom. Os beijos que dei em público ou em lugares escondidos, à luz do dia ou no meio de um filme. Os beijos que dei no metrô que deveriam dar direito a assentos especiais, beijos que viraram histórias, posts, que curaram e que hoje são machucados cujas casquinhas eu insisto em arrancar. Beijos com abraços, amassos, mãos bobas e os melhores, aqueles em que elas se entendem e apenas se seguram. Beijos que hoje me deixam feliz, me deixam emo, me deixam em póz. Beijos que posso separar em ordem alfabética, cronológica ou classificação periódica. Dê-me qualquer palavra, qualquer motivo, e eu escreverei sobre o beijo correspondente, talvez até com uma rima pobre e fremente, escancarado em praça pública e via RSS. Falaria de tudo e de todas, com ternura, sem vergonha, mas peralá, acontece que eu nunca, jamais, nevah, falaria do beijo, daquele beijo, que não compartilho com você e nem com ninguém e que é meu, só meu. Foi o beijo que guardei e aguardei, o beijo que eu precisava, Deus, nós, o mundo precisava daquele beijo, que poderia encerrar guerras e colonizar planetas, aquele beijo, maldito beijo, talvez você tenha um parecido no livro da sua vida, todo mundo tem, mas nenhum foi igual àquele, que mudou tudo, que abriu meu coração e meus eager eyes, ainda que eu nunca o tenha dado, eu o sinto até hoje.

Merda pra você

setembro 13th, 2007 | Posted by Fábio Yabu in Crônicas - (41 Comments)

Eu tinha uma grande amiga, sabe? Há mais de 10 anos, íamos pra escola juntos, estudávamos para as provas, fazíamos trabalhos e, junto com nosso professor de matemática alcoólatra e nossa professora de sociologia semi-analfabeta, sepultávamos de vez o ensino público no Brasil. Era divertido.

(mais…)

Tesouros

setembro 6th, 2007 | Posted by Fábio Yabu in Crônicas - (11 Comments)

As vezes desanima um pouco dar entrevista. Em 90% dos casos, o repórter vem com aquelas perguntas do tipo “de onde surgiu a idéia…“, “qual é o seu sonho de consumo?“, “que mensagem gostaria de mandar pros nossos leitores?“, essas coisas manjadas de programa de auditório ou revista diagramada em PC. É muito difícil perguntarem coisas que realmente importam como “que música marcou sua vida?“, “você prefere o Batman ou o Super-Homem?” ou “onde está a sua saudade?“.

(mais…)

Mamíferos Parmalat Crescidos

setembro 4th, 2007 | Posted by Fábio Yabu in Resenhas - (34 Comments)

Ai ai… coisa mais linda esse comercial novo da Parmalat, né? E pelo visto, além de fazer bem pros ossos e pro intestino, Parmalat também evita espinhas!! Mas uma pergunta fica no ar…

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/565qZMAeXPg" height="350" width="400" /]

… por que o Rinoceronte tá de castigo? Será que o ator não é o mesmo? Será que, mesmo tomando Parmalat, ele ficou feio? Ou será que ele virou emo… ou melhor, um rEMOceronte!! Quáaa quáa quáaa!

dramatic_chipmunk.jpg
MISTÉEEEERIO!

Wii-kend e como Zelda mudou minha vida

agosto 27th, 2007 | Posted by Fábio Yabu in Crônicas - (27 Comments)

(Pra variar, outro texto que começa de um jeito e termina nada a ver)

zelda_twilight_princess.jpg

Fim de semana verdadeiramente adorável, com dois dias de jogatina cercado por amigos queridos. Sábado teve Wii Sports e Zelda na casa do Forlani, com vinho e charutos (!), ao som de Amy Winehouse. É uma daquelas combinações tão inusitadas que você nunca pode tentar fazer de novo porque não vai dar certo.

No domingo joguei um pouquinho em casa. Brinquei um pouco com Super Paper Mario, que é excelente. Eu só havia jogado o do 64, que era muito bom mas um pouco parado às vezes. Achei que o novo dá de 10 a 0. E também comecei The Legend of Zelda – Twilight Princess. Que coisa linda de Meu Deus!! Ainda não deu tempo de ver muita coisa, ainda estou no primeiro labirinto, mas é delicioso poder ver Ocarina of Time ecoando por todos os cantos do jogo. Será esse o melhor Zelda ever? Responderei isso em algumas semanas…

Depois da jogatina individual, levei minha sobrinha Nara para a casa da vovó e vi que ela já está bem mais adiantada do que eu (mas ela começou antes, tá?). Lá, ainda deu tempo de jogar Wii Sports com o Tomás e de novamente levar uma surra no Tennis. Pelo menos o Lucas e o Kimi conseguiram salvar a minha honra… HIGH FIVES!! E a trilha sonora da vez era novamente, a melhor banda do mundo… Tenacious D!

Enfim, agora vou contar uma historinha chamada… “Como Zelda mudou minha vida“.

(mais…)

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube