YabloG! - Author Archives

Author Archives: Fábio Yabu

Criticando o Código Da Vinci

maio 18th, 2006 | Posted by Fábio Yabu in Resenhas - (4 Comments)

Por onde passa, o livro de Dan Brown, O Código Da Vinci gera polêmica e dezenas de subprodutos que se propõem a explicar, desvendar, relevar ou quebrar a obra. Independente da qualidade literária da mesma, há de se convir que não é difícil chamar a atenção com uma trama que diz revelar a maior farsa da história da humanidade, envolvendo num golpe só Jesus Cristo, Maria Madalena, Leonardo Da Vinci e até Sir. Isaac Newton.

Ler O Código Da Vinci é ler o roteiro de um filme hollywoodiano. Sem rodeios, rápido, pontuado por seus clichês, perseguições de carro, cidadãos comuns dando olé na polícia e (muitas) reviravoltas. O jogo já estava ganho no momento em que o primeiro exemplar foi vendido, e daí para uma produção estrelada por Tom Hanks foi um pulinho.

Talvez esteja aí o grande problema do filme. Com uma origem tão chamativa e lucros tão certos, o roteiro não se esforça em amenizar as discrepâncias do livro ou retrabalhar personagens mal aproveitados. Tudo está tal qual no texto de Dan Brown, e o aparente excesso de confiança transparece claramente em todo o filme. Estrelas como Tom Hanks, no papel do protagonista Robert Langdon e Jean Reno como o policial Bezu Fache fazem atuações totalmente medianas, quase descompromissadas. Audrey Tautou, a eterna Amélie, escorrega feio na interpretação da detetive Sophie Neveau, e Alfred Molina parece preocupado com a hora de ir embora enquanto interpreta o Bispo Aringarosa.

A única atuação notável é de Sir. Ian McKellen no papel de Sir. Leigh Teabing, personagem que, como no livro, não diz lá muito a que veio e parece ter sido colocado só pra garantir mais algumas reviravoltas na trama.

Apesar de tudo, o roteiro de Akiva Goldsman apara algumas arestas do livro e nos poupa de certos constrangimentos. As mirabolantes explicações sobre a Opus Dei, Jesus Cristo, Maria Madalena e os Cavaleiros Templários são ilustradas através de flashbacks e transposição de planos que podem irritar quem leu o livro, mas explicam de forma quase pedagógica sua trama aos não iniciados. Uma forma de aproveitar o filme é não se preocupar muito com a história e deixa-se conduzir por todas as reviravoltas apenas em nome da diversão. Como um Indiana Jones moderno, mas sem músculos, sem ação, sem encanto e verborragia de sobra.

O código Da Vinci
The Da Vinci Code
EUA, 2006
Suspense – 101 min

Direção: Ron Howard
Roteiro: Akiva Goldsman, baseado em livro de Dan Brown
Elenco: Tom Hanks, Audrey Tautou, Ian McKellen, Alfred Molina, Jürgen Prochnow, Paul Bettany, Jean Reno, Etienne Chicot, Jean-Pierre Marielle, Clive Carter, Seth Gabel, Marie-Françoise Audollent, David Bark-Jones, Jean-Yves Berteloot

O Código Da Vinci

maio 17th, 2006 | Posted by Fábio Yabu in Resenhas - (3 Comments)

Acabei de chegar da pré-estréia do filme, bastante concorrida por sinal. Na quinta-feira sai a minha crítica completa no Omelete, mas já dá pra ir adiantando algumas coisas por aqui.

A adaptação é realmente fiel ao livro – o que não é necessariamente uma boa notícia para quem não é muito fã da narrativa de Dan Brown. Há algumas firulas, alguns efeitos especiais que parecem meio despropositados, mas em compensação, muita da gordura do livro foi tirada sem dó.

A impressão que eu tive é que a galera não curtiu muito o filme, saindo da sala com aquela cara desanimada, de quem acabou de ver Guerra dos Mundos. Mas a minha opinião não foi tão negativa assim, e quinta-feira você conhecerá melhor meus argumentos no Omelete.

E é lógico que eu não poderia encerrar a noite sem uma piadinha infame:

da-vinci-code.jpg

“E aí, que nota você dá pro filme?”
“Eu dou 7, mas  Leonardo Da Vinci!”

Quáaa quáaa quáaaa

American Idol Encores

maio 16th, 2006 | Posted by Fábio Yabu in Resenhas - (12 Comments)

B000FIM2EO.01._AA240_SCLZZZZZZZ_V51596738_.jpg

E semana que vem chega às lojas americanas (não, não, as americanas mesmo) o CD American Idol Encores, com performances gravadas em estúdio dos Top 12! Veja abaixo a tracklist:

1. What About Love – Melissa McGhee
2. Superstition – Bucky Covington
3. I’m every Woman – Mandisa
4. Wanted Dead Or Alive – Chris Daughtry
5. Father Figure – Ace Young
6. Takin’ To The Street – Taylor Hicks
7. Signed, Sealed, Delivered (I’m yours) – Lisa Tucker
8. Walkin’ after Midnight – Kellie Pickler
9. Moody’s mood For Love – Elliott Yamin
10. Think – Katharine McPhee
11. Midnight Train To Georgia – Paris Bennett
12. When I Fall In Love – Kevin Covais

Em breve, num P2P perto de você! :P

Falando em American Idol (como se eu falasse de outra coisa), essa semana o show é dramático! Restam apenas três candidatos (nos EUA) e uma eliminação antes da grande final na semana que vem, quando eu finalmente vou retomar o controle da minha vida.
Go Katharine!

Agora, vou ver a pré-estréia do Código da Vinci e tentar descobrir o grande mistério do humanidade: como conseguiram deixar a Audrey Tautou feia. Depois falo sobre o filme. Fui!

SHOWTIME!

maio 11th, 2006 | Posted by Fábio Yabu in Sem categoria - (22 Comments)

Por incrível que pareça, a maior surpresa que a Nintendo tinha para anunciar na E3 esse ano não foi seu novo console, o wii, nem o novo Zelda (que é maravilhoso, chuif), e sim, o novo e surpreendente combatente de SUPER SMASH BROS.

Não vou estragar a surpresa! Veja aqui! Abaixo, uma foto de Samus Aran com seu novo visual, vestindo o traje de Metroid Zero Mission.

samus.jpg
Deus é justo. Mas a roupa da Samus é mais!

Lex Luthor em American Idol

maio 11th, 2006 | Posted by Fábio Yabu in Resenhas - (4 Comments)

Aparição surpresa (e não creditada) de Michael Rosenbaum, o Lex Luthor de Smallville na platéia de American Idol! Pra quem está vendo pela Sony, é semana que vem, dia 17.

lex.jpg
“Malditos American Idols! Arruinaram meu plano mais uma vez!”

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube