YabloG! - Archive - Resenhas

Green Lantern – First Flight

março 2nd, 2009 | Posted by Fábio Yabu in Resenhas - (11 Comments)

green_lantern_first_flight

Veja que mega-boga a capa do filme animado do Lanterna Verde, que será lançado em Julho nos Estados Unidos! A aventura mostrará o Lanterna novato Hal Jordan, descobrindo que seu mentor Sinestro está arquitetando um plano que ameaça toda a Tropa dos Lanternas Verdes. Não tenho dúvida de que o filme será ANIMAL, e preparará o terreno para o vindouro filme live-action programado para o ano que vem. Depois do renascimento nos quadrinhos, a sensacional saga da Tropa Sinestro e a derradeira Blackest Night, já era hora do meu herói favorito ter o lugar que merece na mídia!

(mais…)

heroes

Olha eu aqui de novo, cuspindo no prato que comi! No Nerdcast dessa semana, eu, Allotoni, Azaghâl, Tucano e Caquinho descemos o sarrafo na segunda e terceira temporada de Heroes! Os furos de roteiro, os personagens irrelevantes e as tramas que não levaram a nada são o destaque nesse episódio, que talvez seja o primeiro onde ABSOLUTAMENTE NADA é considerado bom. NADA!

Ouça agora!

E, falando em Podcast, já ouviu o Podbility? É o podcast da Bullet, que todas as semanas conta com a suave voz de minha amada Gica Trierweiler, minha querida miguxa Baunilha e muitos outros convidados super especiais! Ouça o episódio 40, saiba mais sobre Fieldrunners (jogo no qual eu e Gica estamos absolutamente viciados) e concorra à cabeça de Steve Jobs!

Bom, é isso! Hoje o Catavento vai fazer sua primeira viagem de avião! Mas é muito chique esse cachorro, viu! Tá doido!!

Sabe aquele filme que ninguém botou muita fé quando foi anunciado? Que, assim que surgiram as primeiras fotos, nego reclamou, disse que não estava fiel à obra original, que iam estragar a mitologia do personagem, bla bla bla? E que a única coisa boa que o CATASTRÓFICO trailer trouxe foi o sinal verde para todos levantarmos nossas plaquinhas dizendo “EU JÁ SABIA!”?

Pois é. Dragonball é esse filme. Veja por si mesmo(a) :(

UPDATE: Veja o trailer legendado (não que isso o torne mais interessante, mas enfim…) – via Smellycat

Se os trailers costumam mostrar as melhores partes de um filme, a coisa aqui tá bem feia, já que só conseguiram colocar umas cambalhotas, um cara pulando uma fogueira e outro levando um chute na orelha. Nem o trailer do Demolidor, da mesma FOOOX, era tão desanimador. O filme então, fala por si.

Olha, é uma pena, viu. Eu sou fã de Dragon Ball e Dragon Ball Z, não só vi todos os episódios como li a maior parte dos mangás. Pode ser que meu preconceito esteja enganando meus olhos e que, diante de mim, esteja o novo Matrix. Mas acho que as chances disso acontecer são as mesmas da Soninha ser a próxima prefeita de São Paulo.

dragon ball z

É assim que vou me lembrar de Dragon Ball. Uma história divertida, original, com personagens mágicos. Quem não lembra do Mestre Kame destruindo a Lua? Ou da luta de Goku contra Freeza e da ajuda indispensável de Mister Satan na vitória contra Majin Buu? Dragon Ball é isso, é ação desenfreada com uma comédia quase pueril. Não é esse LIXO que a FOOOX teve a pachorra de apresentar. :(

Então fica aqui um apelo, para aqueles que possuem em seu poder uma das esferas do dragão: vamos juntar as 7 e pedir a Sheng Long que impeça esse filme de ser lançado!!!

SAI DAÍ SHENG LONG, PARA REALIZAR O NOSSO DESEJOOOOOOOO!!!

(Pule até os 3:50 para relembrar essa cena antológica, é genial)

Batman Versus Super-Homem

julho 18th, 2008 | Posted by Fábio Yabu in Crônicas | Resenhas - (15 Comments)



Todos conhecem bem a história que é quase uma mitologia moderna. Um garoto inocente perde sua família. Cercado por um ambiente hostil, ele faz da tragédia a origem de sua força e se torna o maior defensor de seu mundo. Se estou falando do Batman ou do Super-Homem, é você quem decide.

É interessante refletir sobre os dois personagens. Uma análise equivocada é achar que ambos são opostos. À primeira vista, pode até parecer, já que o Batman é um avatar da escuridão e faz da noite o sua maior arma, enquanto o Super-Homem recebe seus poderes do sol. O Batman tem apenas seu treinamento físico e intelecto para lutar contra o crime, o Super-Homem desconhece a verdadeira extensão de seus poderes mitológicos. O Batman sempre foi rico, o Super-Homem foi criado numa fazenda. A identidade secreta do Batman é um empresário mulherengo, a do Super-Homem, um repórter atrapalhado.

Indo um pouco além das primeiras impressões, começam a surgir semelhanças interessantes. Dizem que a história do Batman é muito mais trágica já que ele perdeu os pais, mas o Super-Homem perdeu não só a família mas o seu planeta inteiro! Gotham, onde o jovem Bruce Wayne cresceu é fétida e corrupta, mas a Terra onde o jovem Kal-El foi criado é um inferno dantesco perto da sociedade superavançada de Krypton. Ambos são frutos de dores que não podem ser mensuradas ou comparadas, profundas até o infinito. Crianças desorientadas, foram reconfortados pelos braços de pais adotivos; o Batman pelo fiel mordomo Alfred e o Super-Homem pelo gentil casal Kent. E, ainda que salvem a mocinha no final, nenhum dos dois pode encontrar a ternura em seus braços após um dia de luta pelo bem.

Enfim, numa terceira meditação, é possível ver como quem tem visão de raio-x, além das roupas colantes, dos cintos de utilidade e identidades secretas. Por baixo dos músculos, está o propósito, a razão de ser de cada um, junto com a supreendente, simples e inexorável verdade: a vida é uma tremenda duma sacana.

Essa danada distribui de maneira igualmente injusta anos, cores, super-poderes, felicidade, Amor, grana, gordura, bunda. Tem gente que recebe demais, outros de menos, muitos nada. Ninguém recebe opção senão viver tudo e com tudo isso. E não adianta nem reclamar, pode levar o código do consumidor, o segredo ou os 9 passos para a felicidade que for.

As pessoas acabam achando ruim – normal – e sempre olham pro prato alheio, pra grama do vizinho, mas o que tem debaixo dela? Acho que, no fundo no fundo, todos recebem na sua cumbuca uma porção de miséria, sejam de Gotham City ou Krypton. Só que, independente de quanto e do quê distribuiu, a maior sacanagem da vida é justamente o que a torna uma grande aventura. No final das contas, com poderes ou sem, com tudo que lhes foi dado de bom e de ruim, o Batman e o Super-Homem precisam simplesmente salvar o mundo.



P.S.: É, era para eu ter escrito uma crítica sobre Batman – O Cavaleiro das Trevas, mas achei que ia ser redundante dizer o quanto o filme é espetacular. Então resolvi partilhar esses pensamentos que sigo como filosofia de vida. ;)

P.S.2: Semana que vem tem Comic-Con! Aguarde toneladas de novidades direto de San Diego, California sobre nossas séries, quadrinhos, filmes e games favoritos, escritas com esse meu jeitinho todo especial. :P

E a voz mais aveludada da internet está de volta, na continuação do mega-boga podcast sobre a quarta temporada de LOOOOOST!

E NÃO É SÓ ISSO! Veja agora o teaser do Radarpop #46, que acaba de ir ao ar em algum ponto do futuro, e que foi gravado em frente a milhares de telespectadores através do Yahoo! LIVE! Comigo, Cris Dias, Baunilha e Carlos Merigo, aquele blogueiro!

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube