YabloG! - Tag Archive - dança do ciclope

A Dança do Ciclope

abril 17th, 2009 | Posted by Fábio Yabu in Crônicas - (28 Comments)

cyclops

Às vezes eu acho que tenho a melhor profissão do mundo. Escrever para crianças é mais que um privilégio, é uma dádiva. Só que ela não me ajuda muito a me dar bem na balada: “Oi, eu sou o Fábio e escrevo livros para crianças“. Sério. Não tente, porque o máximo que vai ouvir é “Aaai que bonitinho!“. Também nunca fui de ficar contando vantagem na hora de chegar nas meninas. Acho isso bem patético. Mas enfim, como não posso ficar falando muito do meu trabalho, não sou de contar vantagem, e dizer como eu me dou bem com a minha mãe está fora de cogitação, eu acabo tendo que improvisar.

Naquela noite eu estava no último lugar onde você me encontraria numa sexta à noite – uma fila de balada. O segurança me revistou que nem o nariz dele, a hostess conferiu meu nome na lista e me deu uma pulseirinha de neon vermelho. Tipo um mini-sabre de luz que você enrola no pulso – coisa que gente descolada gosta, sei lá por quê.

Cumprimentei os amigos enquanto procurava minha máscara de oxigênio, pra me proteger da fumaça de cigarro que até hoje impregna minha cueca. E ela estava também… conversando animadamente com outro cara. O que foi meio triste, porque eu bem que era a fim dela, viu. Já nos conhecíamos da casa da nossa amiga Baunilha, mas nunca tínhamos conversado com mais profundidade.

Ela ficou lá, ouvindo o xaveco daquele corno desgraçado dos infernos rapaz simpático, e eu fiquei do outro lado da pista de dança, meio sem ter o que fazer. Foi quando vi a pulseirinha de neon que eu havia ganhado na entrada e comecei a pensar numa música. Ficou engraçada até. Cantei pra galera “meu, escuta essa música, acabei de inventar, chama Dança do Ciclope!” – e todo mundo morria de rir enquanto eu inventava as estrofes.

Olhei de longe e vi que ela também estava rindo, só que não era de mim, mas de alguma piada sem graça daquele outro mané. O papo parecia estar interessante, e antes que ficasse interessante demais, resolvi fazer meu movimento. Sabe como é, virar o macho alfa, brigar pela fêmea, mostrar quem é que manda na matilha. Bufei nervosamente, e meus feromônios fizeram a fumaça dos cigarros desejar que ali houvesse uma janela. Tomei um gole de vodka, amassei a garrafa (de vidro) com as mãos e lambi o sangue que escorreu por entre meus dedos. Eu era um homem das cavernas, um Clive Owen, um fóckin caveman, e ia mostrar isso nem que tivesse que dar uma tacapada na cuca dela. Cheguei chegando e disse:

- Oi, Gica. Quer ouvir a Dança do Ciclope? Acabei de inventar.

Ela sorriu. Queria. E eu comecei a cantar aquela música, misturando funk com os X-Men.

Ela riu alto. Eu não sei se foi da minha cara, ou da minha dancinha ridícula, segurando um bastão de neon na altura dos olhos. Só sei esse foi o primeiro momento bonito que tivemos nos últimos seis meses, é desse momento que a gente sempre fala quando nos perguntam como tudo começou. Foram seis lindos meses, os seis melhores meses, que começaram na balada com a Dança do Ciclope. Seis meses em que a gente escreveu, desenhou, dançou e viajou juntos, seis meses que passaram voando. Seis meses em que aprendi a gostar de Björk, ela de PS3, desaprendemos a dormir sozinhos e esquecemos como era não ter um ao outro. Até hoje tem gente que diz que estamos indo “rápido demais”, mas eu não sei o que esse povo aprendeu nas aulas de física, não sabem que o tempo é relativo? Nesses seis meses, precisei de apenas 1 dia pra ver que estava apaixonado, 3 para dizê-lo e, no décimo, ela resolveu passar o Ano Novo comigo na Argentina, levando na mala um presente: a cópia da chave do nosso apartamento. Faça as contas, e verá que foram 180 dias, que podem ser resumidos em uma única frase de três palavras, ao som de uma música que improvisei durante aquela balada:

Na dança do Ciclope
Você vai arrasar
Com seu poder mutante
Uma rajada ocular

Nessa dança muito louca
Entra homem e mulher
Fera, Tempestade, DJ Charles Xavier

Em Terra de Cego
quem tem um olho é rei
Já chega abalando
Na gostosa da Jean Grey…

cyclops_jean_grey1

  • Twitter
  • Facebook
  • YouTube